Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

terça-feira, 30 de abril de 2013

Cassini capta furacão em Saturno

Cassini capta furacão em Saturno


Um enorme furacão, em Saturno, foi registado pela sonda Cassini que chegou àquele planeta em 2004. As imagens da gigante tempestade - designada como "Rosa Vermelha de Saturno" - foram capturadas através de infravermelhos. 

A sonda espacial Cassini capturou pela primeira vez uma grande tempestade que ocorre no pólo norte do planeta Saturno. Quando a Cassini chegou ao grande "senhor dos anéis" em 2004, o hemisfério norte estava na escuridão do inverno, que terminou em 2009. Depois de algumas movimentações para contornar o planeta, finalmente registou as imagens da "Rosa Vermelha de Saturno".
O furação tem um "olho" - aquela forma circular no centro de um vórtice - de dois mil quilómetros de diâmetro. E as imagens da tempestade em Saturno foram tiradas de uma altura de 420 mil quilómetros, pela sonda Cassini.

Os cientistas da NASA dizem que os ventos do furacão atingiram os 530 quilómetros por hora.
O gigantesco redemoinho ocorre no centro de um sistema designado de "hexágono de Saturno", uma formação de nuvens com forma poligonal. Os cientistas desconhecem a sua formação, apenas que resiste desde que foi observada pela primeira vez, em 1980.

sábado, 27 de abril de 2013

Alerta de Tsunami na Austrália


Há meia-hora atrás, houve um enorme terramoto perto da Nova Zelândia.
magnitude foi de 7.8.
Como podem presumir há terramotos fortes há todos os dias, no entanto, este vem com alerta de tsunami para grandes centros populacionais.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Estão abertas inscrições para viagem a Marte


Imagem do vídeo de apresentação do projeto

A organização não-governamental holandesa Mars One quer colocar seres humanos em Marte em 2023, tendo lançado na segunda-feira um programa de recrutamento de voluntários. Ainda não há portugueses inscritos. 

Até às 15h30 de hoje havia apenas cerca de 50 pessoas inscritas como voluntárias para ir a Marte no site oficial do projeto, que foi apresentado na segunda-feira, numa conferência de imprensa em Nova Iorque. Na ocasião, Bas Landsdorp, fundador da Mars One, explicou que a organização já recebeu "dez mil 'emails' de pessoas de mais de cem países que estão interessadas em juntar-se à missão", mas no site em que cada um dos interessados se deverá inscrever o número ainda é reduzido e sem nenhum português inscrito.

Os candidatos a astronautas terão que ter mais de 18 anos, com capacidade de criar e manter relacionamentos, que sejam capazes de auto-análise e confiança, que sejam curiosos, criativos, flexíveis e desembaraçados, que tenham noções básicas de inglês e que tenham a plena noção de que esta poderá ser uma viagem sem regresso à Terra.
As candidaturas estão abertas até 31 de agosto. No total, a organização procura 24 astronautas, que serão enviados para Marte em grupos de quatro (dois homens e duas mulheres, para que possam reproduzir-se), para estadias de sete meses. O primeiro grupo parte para Marte em setembro de 2022. De dois em dois anos será enviado um novo grupo, que no Planeta vermelho viverá em casas de 50 metros quadrados e cultivará os seus próprios alimentos.